Cobertura promotora da biodiversidade

ZinCo

Cobertura promotora da biodiversidade

 

 

As coberturas verdes podem ser uma alternativa válida para compensar a perda de áreas naturais e de biodiversidade nas cidades, pois estas são bons refúgios de espécies animais, como abelhas, borboletas e besouros, que encontram alimento e abrigo nestas.

No entanto, o desenvolvimento da biodiversidade vai depender sempre de como os habitats são estruturados nas coberturas verdes.

 

Modulação da superfície

A variação da espessura de substrato numa cobertura verde, cria diferentes habitats para várias espécies de animais.

 

Incorporação de madeira morta

Ramos e troncos mortos representam um elemento estrutural valioso, pois são usados como habitat por várias espécies, como musgos, líquenes, fungos, besouros, moscas, mosquitos, formigas e abelhas.

 

Superfícies de água temporárias

A criação de pequenas áreas de acumulação de água, proporciona água para consumo.

 

Áreas sem vegetação

As áreas sem vegetação enriquecem o biótopo da cobertura, pois são utilizadas por pequenos invertebrados como refúgio, viveiros ou simplesmente para se manterem quentes.

 

Seleção de vegetação

A escolha de vegetação influencia a biodiversidade da cobertura verde, pois existe espécies que são muito atrativas para certos insetos e pássaros.

 

Auxiliar a nidificação.

O uso de auxiliares de nidificação, promove a colonização de espécies, especificamente de insetos.

 

 

 

 

REGISTO NEWSLETTER 

Deseja receber informações regulares sobre os produtos e projectos LANDLAB no seu correio electrónico? 

 

CONTACTOS

Morada:  Rua das Amoreiras Nº155, S3
4460-227 Senhora da Hora, Porto

Telefone:  +351 22 9537 165 / +351 93 2468 118

E-mail:  info@landlab.pt

 

LANDLAB.  2016 Todos os direitos reservados

Designed and developed by Thesign